6 de Julho - Passagem do Mestre Irineu

 
Quando analisamos os hinos do Mestre Irineu, em seu hinário "O Cruzeiro", podemos ver que o Mestre sempre falava sobre a morte com leveza e naturalidade.
Seus hinos "preparavam" toda a comunidade do Santo Daime (e por que não, também os ensinava e nos ensina até hoje) sobre o processo natural da vida e da morte.
O dia 6 de julho marca a passagem do Mestre Irineu. Naquela manhã, segundo relatos, no momento de seu desencarne, a face do Mestre estava com um largo sorriso e também com lágrimas, que escorriam pelo rosto. Lágrimas, talvez, por finalmente realizar o sonho de "rever" a Virgem Soberana Mãe, como ele se refere no hino "Eu Estava Em Pé Firmado", nas últimas duas estrofes:
"Eu vivo alegre sempre
Meu consolo é só cantar
Porque tenho uma esperança
De breve me separar
 
De breve me separar
Com Deus e a Virgem Maria
Talvez vocês não achem
Outro irmão com alegria".

A primeira referência sobre morte pode ser vista ainda no começo do Cruzeiro, no hino "Papai Paxá":
"...Quando Papai me chamar
Toda vida obedeci
Quando chegar esse dia
Eu só tenho que ir".

Seguindo o Cruzeiro, no hino "Só Eu Cantei na Barra", diz Mestre Irineu:
"A morte é muito simples
Assim eu vou te dizer
Eu comparo a morte
É igualmente ao nascer".

Mais à frente, o hino "Estou Aqui" marca outro aviso do Mestre sobre o processo da vida e da morte:
"A minha mãe me trouxe
Ela deseja me levar
Todos nós temos a certeza
Deste mundo se ausentar
 
Eu vou contente
Com esperança de voltar
Nem que seja em pensamento
Tudo eu hei de me lembrar".

E fechando "O Cruzeiro", Mestre Irineu, meses antes de sua passagem, recebe o hino "Pisei na Terra Fria", em que ele discorre sobre a morte de uma forma mais direta que a vista em todo o hinário. Esse foi o último hino recebido por Mestre Irineu, como se fosse sua despedida.
Hoje, Mestre Irineu comanda a Santa Doutrina lá do Astral, ao lado da Virgem Soberana Mãe que deu a ele a missão que é a razão de nossos trabalhos com a santa bebida, o Daime. Seu legado nunca será esquecido. E que possamos aprender com todos os ensinamentos, essas flores finas deixadas pelo Mestre, sendo muito gratos por sua tão importante passagem pela Terra!
 
Viva o Mestre Irineu!
Entrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Rádio Rosa da Vida

 

 

  Mestre Irineu   Mestre Francisco  Mestre Iran